Transição capilar, aceitação e empoderamento



Já fiz um vídeo e agora resolvi fazer um post, a transição capilar nada mais que um período da sua vida que eu chamo de mudanças, você larga todos aqueles produtos químicos e deixa o seu cabelo crescer naturalmente, mas para isso acho que um preparo psicológico e uma auto estima bastante trabalhada é importantíssimo, pois o nosso cabelo, fala sério né? Ele mexe muito com tudo dentro da gente, se o cabelo não está bom, parece que não estamos bem, só que não é só isso, quem aqui quando era criança sofreu bastante preconceito por não possuir um cabelo liso ou nos padrões aceitos pela sociedade? o/


Uma vez eu escutei de um menino que negra de verdade e bonita era de uma moça da minha sala, aquilo doeu minha alma, pois ela tinha os cabelos naturalmente liso, apesar de ser negra e os traços bem delicados, aquele dia eu me senti a pessoa mais feia da face da Terra, era um período de escola, adolescência me marcou muito. De um outro eu escutei que eu não era o tipo de pessoa que ele queria se relacionar eu era até bonita, mas era negra e esse tipo de atitude só faziam com que cada dia mais eu tentasse esconder minhas características, principalmente o meu cabelo, eu queria torna-lo o mais alisado possível, eu achava que o cabelo me ajudaria a disfarças os meus traços negros.

A primeira situação que eu expus foi a 10 anos atrás a segunda a 2 anos atrás, devido  eu ter sofrido durante anos da minha vida "zoações" por conta das minhas características, cor e cabelo, hoje ainda sofro um pouco de complexos e muita insegurança principalmente na parte da paquera, infelizmente ficam marcas e as vezes só uma terapia consegue nos ajudar.

Em alguns períodos da minha vida eu tentei levar essas coisas na brincadeira, não cair na pilha, fingir que não ligava, mas doía profundamente, criei certos traumas e meu maior complexo virou o meu cabelo. Eu pensava que se meu cabelo fosse "um pouco melhor" eu seria mais aceita, as pessoas me olhariam melhor e eu seria feliz.



Então eu resolvi usar aplique, no começo era mil maravilhas, chamava muito atenção, era um aplique ondulado, depois começaram vir as complicações, embaraçava horrores, quebrava muito e meu cabelo estava horrível, mas eu sentia calafrios quando cogitava a possibilidade de retira-lo.

Usei por quase 3 anos só tirava na manutenção. Nesse meio tempo me tornei blogueira e conheci muitas cacheadas e crespas extremamentes empoderada minhas amigas de infância começaram a assumir seu cabelo, minha tia, todo mundo na beauty fair do ano passado tinha muitas cacheadas e crespas e eu me aproximei mais dessas meninas e foi aí que toda minha mudança iniciou, eu escutava histórias de meninas que viveram coisas muito piores que as minhas e se assumiu, eu tinha muita resistência,  queria não querer assumir meu cabelo, eu pensava vão ri de mim na rua, eu nunca vou encontrar alguém que queira algo comigo, eu vou ficar horrível, infeliz, era uma resistência tão grande.

Foi aí que Deus e a vida colaram 2 pessoas maravilhosas em meu caminho, uma delas Rafaela Correa (Blog Morena de Sardas) e a Carol Souza, também blogueira e youtuber elas possuem uma forma tão encantadora e fofa de falar sobre transição e por mais que acompanhasse as blogueiras maiores, as maiores influenciadoras foram elas. Foi em uma conversa no ônibus que tudo começou eu estava saindo de uma confraternização com a Rafa e ela me contou um pouco da história dela com o cabelo e eu com aquela resistência enorme, falava: - Seu cabelo é lindo, mas eu ainda prefiro alisar o meu.

Carol Souza
Rafa Correa


Em questão de meses resolvi fazer a transição, na verdade eu já estava e nem havia percebido, primeiro larguei o relaxamento, depois progressiva e por ultimo o botox, daí resolvi passar a transição usando chapinha, mas logo em seguida acabei largando também, ainda estou em transição, mas hoje eu sou fã da beleza natural, só me sinto bonita com meu cabelo natural, claro que tudo foi trabalhado aos poucos, eu lia sobre transição, eu perguntava sobre, eu queria entender sobre,  busquei a minha aceitação até encontra-la, hoje eu estou aqui com essa história para dá forças e ajuda-las a aceitar-se e claro tudo no tempo de vocês, essa é a maior chave e conquista e não esqueça a transição, aceitação e o empoderamento são etapas que para se chegar precisa construir e descontruir.




Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. key *-* sua linda esta ainda mais linda <3
    Super te entendo em tudo que vc disse aí e já passei pelo mesmo , parabéns ´, por ser quem é como pessoa humano , pela transição que não é fácil por ser um processo lento .
    Te adoro e parabéns bjos jhelsy

    ResponderExcluir
  2. Arrasou Key! Aceitação é a palavra, nada melhor que assumir a beleza natural e vc tá linda!

    Beijos!
    www.blogdaju.com.br =)

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! Volte sempre!