Minha viagem para Santiago (Chile)

Olá, amores tudo bem? Aquele post pós viagem que sei que vocês estavam doidos para conferir, faz tempo que eu não falo sobre viagens aqui, porque faz tempo que eu não viajo. Bom, a viagem para o Chile foi muito boa esquiamos aproveitamos muito a capital do Chile Santiago, fomos para bares, conhecemos pessoas incríveis. 

Ficamos em um apartamento na Avenida Ecuador ao lado de uma estação de metrô, um pouco mais afastado das regiões mais badaladas, porém bem localizada também. O apartamento foi através de airbnb, experiência incrível foi primeira vez que viajava e não ficava em hotel ou hostel. Foi bem diferente e me sentia literalmente em casa, pois cozinhava, ia no mercado e ainda andava de metrô, mesma sensação de está em casa. 

Para quem quiser conferir onde ficamos só clicar no link abaixo, apartamento bem equipado R$ 723,00 o custo para 7 dias duas pessoas:



Já estávamos chegando no final da temporada de skie, mas graças a Deus deu tempo skiar em Valle Nevado que foi incrível.


Foi um sonho realizado skiar na neve, valeu muito essa experiência, na verdade eu mais brinquei do que skiei hahha. Ainda sobrou tempo para irmos a Cajon del Maipo lugar lindo e gostoso, belas fotografias a paisagem perfeita


O centro de Santiago com toda certeza é incrível e com isso sobrou tempo ainda de fazermos várias fotos de looks.


As paisagens do Cerro Santa Lucía também são incríveis, simplesmente um encanto, não tenho o que reclamar de Santiago, foi uma viagem incrível, completa e divertida muitas coisas legais a se fazer eu não parei um segundo.



Passeios que recomendo no Chile (Santiago ou redondezas):

FREE TOUR -> Passeio gratuito por todo o centro de Santiago a pé e com guia. Conhecem museus, centro históricos e etc.

VALLE NEVADO -> Melhor lugar para skiar na neve, porém bem caro 

CAJON DEL MAIPO -> Tour em belas paisagens, uma pausa para um break mara 

CERRO SANTA LUCÍA -> Dá para vê toda a metrópole de Santiago do alto 

A viagem foi  maravilhosa mas infelizmente fui furtada em Santiago prática muito comum na cidade, então a dica é se você está indo para lá ou qualquer outro lugar não descuide nenhum segundo do seus pertences. Fui furtada dentro da Catedral de Santiago deixei a mochila em um banco e fui fotografar e infelizmente fui furtada. Levaram documentos e dinheiro. Fui até o Consulado e depois PDI (Policia de Investigação) eles emitiram documentações para que eu pudesse retornar ao Brasil. Primeiramente eu teria que ir em PDI e por ultimo consulado mas infelizmente com o nervoso mudei a ordem. 

Apesar desse ocorrido não alterou em nada os nossos planos seguimos os dias que restaram de viagem aproveitamos ao máximo, fomos em balada, bebi muito pisco e a bebida terremoto que bebida fia da mãe. Bom amores foi isso agora deixo vocês com um vídeo dessa viagem bagaceira:

    

Moda Africana - um pouco de cultura preta riquíssima em história


Wow! A minha força de vontade em falar de moda me trouxe até a este tema "Moda Africana". Riquíssima em cultura, cores e personalidade. Minha opinião sobre moda africana é que remete uma força no estilo e na composição de cada roupa. Você observa muita estampa, muitas cores, max vestidos, max acessórios e isso é uma ópera aos olhos de quem vê. 



Achei interessante abordar esse assunto, pois tem tudo haver com a mulher negra, está fortemente em nossas raízes e origens. Batas, turbantes e acessórios bem grandes são inspirações da moda africana. Em 2016 um dos temas do baile da Vogue aqui  no Brasil foi a cultura Africana e acompanhamos diversos looks inspirados nesta cultura, desde então aguçou muito meu desejo por essa moda. Claro  que foi um tema um tanto polêmico devido a apropriação cultural, mas não é esse o foco do post só quis destacar que uma marca forte como a vogue já trouxe esse tema para um dos seus bailes e que na época me chamou muito a atenção até porque é algo que eu nunca parei para analisar e nem buscar informações.


Participei também de muitas feiras culturais onde eles trouxeram principalmente nos turbantes essa origem africana e desde então eu venho me apaixonando cada vez mais. 
O amarelo, o dourado essas pequenas combinações com vermelho, azul, branco e todas essas composições com estampas torna tudo muito perfeito, caracterizado e único. 

O vermelho, laranja e o amarelo eles possuem um forte contraste e na minha opinião é o que deixa muito mais destacada e caracterizada a moda africana é como se essa moda fosse uma bandeira e as cores fizessem parte dela.



Não tem como você não perceber e não reconhecer um look africano, as cores e as estampas diferencia de qualquer outro look e de qualquer outro estilo. O que eu acho mais bonito é a cultura depositada nessa moda, cada estampa tem uma história, uma característica importante da nossa cultura e origem. 



Achei interessante compartilhar com vocês o Dakar Fashion Week que é uma exposição de moda protagonizada pela estilista Adama Paris, ela trás todo esse acervo Africano como se fosse uma semana de moda eu particularmente não conhecia. 

      

Fiz um vídeo contando um pouquinho dessa moda:

    

 

Menina negra falando de moda


Olá minhas meninas (os) como estamos? Espero que muito bem, acho que o titulo já resume o que quero trazer para vocês. Quando inciei o blog a ideia inicial dele e do canal seria falar de moda, porém eu gostava de moda, mas não sabia como abordar o assunto e como trazer para vocês um assunto que requer muito conhecimento.

Observei muito nesses últimos tempos que o foco principal das meninas negras eram beleza eu trilhei o caminho da beleza. Só que não existe muitos blog principalmente brasileiros com grandes referência de meninas negras falando de moda. Existe sim, porém são poucos, já a beleza, o cabelo afro, cacheado, crespo e maquiagem existem muitos e isso vem crescendo cada vez mais, então por por isso e por sentir falta de ver meninas negras falando de moda eu irei trazer mais sobre o assunto para vocês não só em post, mas também em vídeo. 

A moda, não é somente se vestir bem, a moda ela é cultura, ela é história ela é cotidiano em resumo a moda é conhecimento. 



Então qual a minha ideia quando criei esse titulo? Resgatar aquela essência moda, que eu queria trazer para cá, por que é o que eu gosto de verdade, é minha identidade. Me encontrei muito com a beleza, com o cabelo e a transição, mas minha paixão sempre foi a moda e por que não trazer mais disso para cá? 

Ainda não tenho aquele conhecimento a fundo sobre moda, por que eu não estudei moda fiz um cursinho, leio muito sobre moda e estilo, conheço o básico e a ideia é me aprofundar mais nisso e fazer com que esse blog tenham assuntos de moda para meninas negras. Mas, o foco de moda será só meninas negras? Meninas brancas não poderão acompanhar? Claro que podem, não só podem como deve. O foco são meninas, mulheres, meninos também, mas o que eu quero dizer é sobre representatividade da menina/mulher negra falando de moda, não só da moda africana, mas também da moda clássica, da moda brasileira ou da estrangeira. O que eu quero é me tornar um blog de menina negra referência no que diz respeito à moda. 


- Mas Keylla você falou há um tempo atrás que você gosta mais de estilo! Sim estilo, acho que isso é muito pessoal estilo é muito diferente de moda, a moda ela muda o estilo não, mas o estilo é seu é da sua essência, seu estilo é pessoal, intransferível e tem o poder de influenciar pessoas. Então por isso essa minha paixão pelo estilo,  ainda digo mais, acho que moda dita muita regra e acho sim que nós temos que fugir disso, mas moda vai muito além disso; ela é cultura é conhecimento e faz parte do nosso cotidiano. Quero trazer um conteúdo de moda. mas voltado para o lado cultural, aquilo que vira tendência e mais.

Bom, não vou parar de fazer minhas resenhas voltadas para beleza, mas quero sim trazer conteúdo e voltar ao nicho moda nesse blog. Espero que vocês possam me acompanhar, se inspirar e saber que tem alguém representando cada uma de vocês menina negra. Confira o vídeo abaixo com um mega bate papo e o ensinamento sobre como diferenciar moda de estilo.

         

Beijos no core

Batom Jessica da linha Bruna Tavares


Pensa em um batom que hidrata muito os lábios e deixa uma corzinha aproximada do cor de boca com uma mistura marsala! Esse batom é maravilhoso, minhas amigas super amam quando estou com ele e é o batom em bala que mais uso. 

Eu até sou suspeita em dizer, pois amo de coração os batons da linha Bruna Tavares, acho que a melhor coisa que ela fez foi empreender com maquiagem já que ela é muito inspiração para muitas meninas. Esse é um batom que você pode usar com maquiagem discreta, com uma make mais chamativa que vai ficar legal, eu tenho muitos batons doei bastante também, mas quando estou naquela indecisão qual batom usar ele com certeza me salva. 


O Camila também me ganhou e acho que ambos possuem quase a mesma tonalidade, porém a praticidade do batom em bala é muito melhor, pois dificilmente você borra um batom em bala já o liquido pelo menos pra mim dá um trabalhinho na hora de aplicar.

No vídeo abaixo eu conto para vocês sobre o meu ponto de vista e sobre o que mais gosto desse batom.

     

Amo muito batom então fica muito fácil falar em batom por aqui. Algumas pessoas conseguem usar batom sem maquiagem eu não consigo, acho que um batom sem maquiagem não traz o tcham, por isso dificilmente vocês vão me ver de batom e sem pelo menos uma base no rosto. Espero que tenham gostado aquele beijo no coração



                                                                                   

Finalização usando óleo de umectação da Salon Line



Olá amores tudo pommmm? Estava louca para falar sobre os meus óleos favoritos que são da marca salon line da linha tô de cacho eu já usei dois óleos da linha  o de manga e agora estou usando o mix de girassol, coco e oliva que super auxilia na finalização. 

Para o meu cabelo ele é perfeito, não é pesadão, mas também não é leve já que o meu cabelo é um tipo 4 e por ser um pouco mais ressecado exige produtos pesados, além disso o mix de óleo tô de cacho é um produto barato e fácil demais de encontrar. Nos últimos tempos tenho usado muitos óleos e experimentando muitos produtos diferentes no cabelo até para saber o qual deixa ele da forma que eu mais gosto de usar, sempre comento isso com vocês, porque nosso cabelo pós transição é sempre uma descoberta nova e interessante, tenho focado também em produtos que auxiliam no crescimento e se vocês observarem bem desde o BC o meu cabelo cresceu muito, graças a todos os produtinhos de cabelo que sempre busco compartilha aqui e no canal com vocês.

A salon line tem uma infinidade de produtos que amo, mas os óleos ainda mais, eu acho que vale muito a pena investir neles, pois são bons e baratos. É bom quando a marca fabrica um produto excelente e acessível a todos os públicos. O óleo de girassol, oliva e coco para um tipo 3 A por exemplo acaba sendo mais pesado, porém se adéqua a essa curvatura, mas já vi relato de meninas dizerem que para o dia a dia não dá para usar por isso recomento que sempre realize uma pesquisa sobre o qual é melhor para o seu tipo. Ele é um óleo de umectação, mas eu não uso só para realizar a umectação na verdade eu nem faço umectação com ele uso no dia a dia mesmo porque eu prefiro usa-lo como finalizador.

Eu fico feliz que só agora eu aprendi a como fazer a melhor finalização no meu cabelo e tenho adquirido muita paciência também, porque não é fácil ficar quase 2 horas só finalizando as madeixas, mas não fique pensando que cabelo natural da tanto trabalho assim, quando eu alisava meu cabelo  dava bem mais trabalho, então pra mim gastar 2 horas do meu dia no cabelo vale muito mais a pena. No vídeo abaixo eu conto mais detalhes para vocês e explico todas as cuiriosidades sobre a minha finalização usando óleo de umectação:

   

Beijosss